Arquivo | Produção Cultural RSS feed for this section

Pra dar o gostinho

3 mar

dsc00733.jpg

Esse aqui é o striptease de Flaviano André, vocalista do Star 61 [PB], no show realizado em 23.02, no Quintal do Lima, Recife. Para ver o resto da causação, clique em: http://www.flickr.com/photos/boaejusta

Esquina Brasil em Recife

28 fev

flyer-esquina-brasil.jpg

Estréia do projeto Esquina Brasil, com show do Odecasa e participação do DJ 440, do Recife. A partir das 22 horas, no Quintal do Lima. Ingressos: R$ 7.

Informações comigo (83) 8850.9937 ou Cláudia Aires (81) 8895-3905.

Vai ver se eu tô lá na Esquina

14 fev

Produção do show do Esquina Brasil, projeto capitaneado pela Prodisc, com o apoio dos Sebraes da Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Além disso, vai rolar a primeira edição do show de volta do intercâmbio musicultural Recife é o canal (Lá e Cá). O show em Recife vai acontecer com o título de João Pessoa é o canal.

23.02 – Sábado

João Pessoa é o canal

A partir das 22h no Quintal do Lima.

Shows com Caronas do Opala (PB), Star 61 (PB) e Chambaril (PE). Entrada: R$ 7. (preço único)

 

28.02 – Esquina Brasil

A partir das 22h no Quintal do Lima.Odecasa (PB) e DJ 440. Entrada: R$ 7. (preço único)—-

Projeto Esquina Brasil chega a Recife, nesta quinta-feira, com shows no Quintal do Lima.

O projeto Esquina Brasil foi lançado na Paraíba, em outubro do ano passado, em 4 dias de apresentação com shows de bandas do Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Agora, a iniciativa estréia em Recife com apresentação do Odecasa (PB) e participação do Dj local 440,  nesta quinta, 28.02, a partir das 22 horas, no Quintal do Lima. A produtora Frederika das publicitárias Julliana Veloso e Cláudia Aires é a agência responsável pelo evento.O Esquina Brasil é uma iniciativa da Prodisc, em parceria com os Sebraes do Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba e reúne em quatro cds músicas de bandas independentes destes três estados brasileiros que, geograficamente, situam-se na “esquina do Brasil”.
O projeto já teve lançamento em Fortaleza, durante a Feira da Música 2007 e na
Paraíba houve apresentações durante a Feira do Empreendedor, do Sebrae, com lançamento oficial no Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande.
Os shows das bandas aconteceram no Parque Evaldo Cruz com apresentações do Dona Zefinha, Odecasa, Seu Zé, Rejane Luna, Star 61, Aerotrio, Isaac Cândido, Clã Brasil, Rosa de Pedra e Herlon Robson.
A intenção  das produtoras é que os shows do Esquina Brasil se tornem uma opção permanente da agenda do Quintal do Lima, com um dia específico para as apresentações do evento. “Nosso objetivo é ter um dia da semana no Quintal sempre para os shows do Esquina, a exemplo do que já vem sendo feito pela casa com outras propostas como as Quartas Autorais, só não sabemos ainda qual dia será disponibilizado. Por enquanto, vamos começar numa quinta-feira”, explicam Cláudia e Julliana.Segundo Maísa Duarte, gestora do Projeto Integrado de Cultura do Sebrae Paraíba, o projeto dos shows também se converte numa coletânea que é um material promocional para a divulgação dos artistas envolvidos no projeto. “A integração entre os três estados proporcionou um produto promocional que ficou bonito e apresentável para divulgar o trabalho dos músicos. A idéia foi fazer um box com quatro cd´s divididos por estilo musical para que eles vendam seus produtos individuais”, enfatiza Maísa.Uma boa opção para esta temporada pós-carnaval. O show do Esquina Brasil acontece a partir das 22 horas e a entrada custa R$ 7 (preço único). Maiores informações nos telefones (81) 8895.3905 e (83) 8850.9937, ou através dos email frederika.eventos@gmail.com. Quem são os artistas que vão se apresentar? OdecasaCarregando no nome uma das formas de saudação nordestina mais populares, o ODECASA já adianta um pouco da proposta que norteia o trabalho do grupo: possibilitar o contato do público com um tipo de música normalmente diferente da que a maioria das pessoas está acostumada a ouvir dentro da MPB.O ODECASA surpreende pela musicalidade acústica e pela virtuose característica deste tipo de composição. Talvez por isso – nada mais justo – que o nome do grupo sugira essa ampliação do olhar sobre a música que se faz no Nordeste do Brasil. Formado em 2004 e, desde então, desenvolvendo um sólido trabalho dentro da música autoral, popular e regional ,o grupo formado por Henrique Peixe, Daniel Mesquita e Júnior Punk, movimenta-se pela paixão à arte da música e busca, desde a sua formação, seu espaço neste maravilhoso universo.

O talento do ODECASA rendeu convites para excursionar na Europa, especificamente na Áustria, com destaque para as apresentações feitas no Birdland, tradicional casa de shows de Viena. Além de amadurecimento, a experiência fora do país trouxe ao grupo mais motivação para continuar produzindo e aprimorando suas apresentações. Hoje, o ODECASA se orgulha pelo reconhecimento do público que o assiste nos vários eventos em que vêm participando desde seu retorno ao Brasil.


Lá e cá #2 – continuando

16 jan

dsc00037.jpg

Filipe Novaes, produtor do Pouca Chinfra e músico do Band Cinè.

 

dsc00140.jpg

Shiko.

dsc00066.jpg

Público.

dsc00090.jpg

dsc00081.jpg

dsc00110.jpg

Fim de festa.

dsc00139.jpg

 

Lá e Cá #2

16 jan

Samba, suor e cerveja. Veja só que beleza!

mirandinha.jpg

Mirandinha mandando ver.

dsc00060.jpg

Pouca  Chinfra matando as meninas de suspirar

dsc00092.jpg

Naza e Chico fazendo todo mundo botar as mãozinhas nas cadeiras.

dsc00045.jpg

Eu e Claudinha.

isaura.jpg

Bastidores – Isaura Nogueira sempre dando aquela força. Cobertura exclusiva.

dsc00038.jpg

Wilza de Almeida – arrasou no marketing direto.

Ainda sobre o Odecasa…

26 nov

Bonitas camisas, Fernandinho. Criação: Emerson Dantas

odecasa-modelo-camisa-01.jpg

odecasa-modelo-camisa-02.jpg

odecasa-modelo-camisa-03.jpg

Odecasa no Lima Penante

26 nov

 img_9981.jpg

Música e filantropia

Odecasa faz show e arrecada alimentos para portadores do HIV.

O Odecasa apresenta o show do DVD Apenas Viver no próximo dia 1º de dezembro, no Lima Penante, a partir das 20h30, com participação especial do cantor e compositor paraibano Jonathas Falcão. Na pauta, músicas do disco atual e antigos sucessos do grupo executadas com a emoção e o lirismo característicos do grupo.  Mas o que chama mesmo a atenção é a iniciativa dos músicos em convocar o público a comparecer e doar alimentos não-perecíveis. É que no dia do show, o mundo inteiro se engaja na luta contra a Aids, na qual, várias atividades são desenvolvidas ao redor do planeta. “Nós não poderíamos ignorar a data, tão pouco a função social da música. Além de tocar os corações, a gente também tem que fazer a nossa parte enquanto cidadãos”, argumenta Henrique Peixe, vocalista do Odecasa.

A intenção do grupo é doar o montante arrecadado para uma Ong que cuide de pessoas soro-positivas e que enfrentem problemas para manter o tratamento ou mesmo, uma alimentação adequada. A produção do Odecasa entrou em contato com o Serviço Social do Hospital Clementino Fraga em busca de entidades para as doações e está aguardando um retorno sobre o nome da instituição que será contemplada.

Além da ação social, o show também vai contar com a volta do cantor e compositor paraibano Jonathas Falcão. O músico já participou do Forró Fest, figurando entre os 12 finalistas, e de bandas locais como A Função. Agora em carreira solo, o cantor se diz preparado para encarar os palcos com um repertório totalmente autoral e se diz ansioso pela volta. “Até então as músicas que eu vou apresentar são conhecidas apenas dos mais chegados e dos músicos da banda que me acompanha. O show com o Odecasa vai servir pra sentir o repertório e o público, e fazer aqueles ajustes que sempre são necessários”, explica Falcão.

A apresentação do Odecasa está prevista para começar a partir das 20h30 e os ingressos podem ser adquiridos no local ou pelos telefones 8818.9436 e 8850.9937.

Serviço

Odecasa no Lima Penante

Sábado, 01/12, a partir das 20h30.

Participação: Jonathas  Falcão.

Ingressos: R$ 5.