Arquivo | setembro, 2018

Ricardo Coutinho destaca que armas não resolvem e educação é o caminho

27 set
ricardo-coutinho

Foto: Rafael Passos – Portal Correio.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a criticar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira (27), a respeito da política de armamento da sociedade civil. Na perspectiva de Coutinho, isto não vai resolver os problemas do povo.

“Vejo alguns candidatos aí que só sabem falar em arma, como se isso fosse resolver o problema de algum lugar. Se arma resolvesse, o Brasil era o paraíso porque o que mais tem aqui é arma. Só a Polícia Militar da Paraíba apreende 10,2 armas por dia e eu sei disso porque nós pagamos por armamento apreendido”, declarou.

Para o socialista, o caminho correto de melhoria nas condições da nação seria a educação: “e a Paraíba está ensinando ao Brasil como se faz educação, com escolas integrais, Giramundo para professores e estudantes e escolas técnicas. Estamos dando o caminho ao país, que é o da educação”, ressaltou.

Contraponto

Apesar das ações citadas na área de educação pelo Governador, professores – especialmente das Escolas Técnicas Integrais – alegam dificuldades para exercer o magistério. Segundo os docentes, há uma excessiva condescendência com a postura desinteressada dos alunos, que afrontam e ignoram os professores em sala de aula, além da falta de aproveitamento racional do tempo dedicado à ministração de conteúdo, com a realização de eventos e comemorações repetitivas, que pouco agregam à formação dos estudantes. Outro problema apontado é a falta de recursos pedagógicos e ausência de reconhecimento salarial.

Já sobre a segurança, o Governador não destacou em sua fala que as armas apreendidas são dos bandidos que delas fazem uso, sendo, portanto, armamento completamente ilegal, conforme decreto publicado e assinado por ele mesmo em novembro de 2017, dando nova redação à legislação que prevê pagamento de bônus pecuniário aos policiais que apreenderem armas sem registro ou sem autorização legal e providenciem para que seja efetuado o respectivo flagrante.

bonusarmasricardo

O efetivo policial militar na Paraíba também continua aquém do necessário. Dados do IBGE, referente a Paraíba e levantados em 2014, apontam que a proporção de policiais por habitantes, naquela época era de 1 policial para 423 paraibanos.

efeitivopm

Tabela disponível no estudo “Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros”, feito pelo IBGE, em 2014.

O efetivo policial atual corresponde a 55% do que está estabelecido na Constituição estadual. De lá para cá a população cresceu em ritmo muito maior que o incremento de novos quadros na Polícia Militar da Paraíba.


Com informações do 180 graus, Mais PB e Diário Oficial do Estado da Paraíba.

Anúncios

Sexta-feira gorda: Prefeituras da Paraíba recebem mais de R$ 78 milhões de FPM

27 set

fpm

Os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) serão depositados nas contas das prefeituras paraibanas, nesta sexta-feira (28). A soma é de R$ 78.671.999,99 referentes ao terceiro repasse do Fundo, no mês de Setembro.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a Prefeitura da capital paraibana receberá R$ 8.629.609,06. Já Campina Grande terá R$ 2.377.072,06 transferidos. O repasse médio para 135 cidades do estado, que tem 223 municípios, é de R$ 214.583,46.


Com informações do site Paraíba.com.br.

Jornalista denuncia esquema milionário para interferir no curso das eleições presidenciais

27 set

joice

A jornalista Joice Hasselman publicou um vídeo, em seu canal no Youtube, na última terça (25), denunciando que está em curso um esquema envolvendo R$ 600 milhões de reais destinados a custear uma compra de narrativa inverídica, que será produzida por uma revista de grande circulação nacional, contra o presidenciável Jair Bolsolnaro (PSL). A jornalista também revela que não só a revista, como também outros de comunicação, estariam sendo cooptados para o esquema fradulento.

A ideia é atingir a imagem do presidenciável de tal maneira que comprometa a eleição de Bolsonaro ao Palácio do Planalto.

Assista o vídeo na íntegra.

Folha de São Paulo denuncia que Bolsonaro ameaçou de morte a ex-mulher, mas a própria desmente

26 set

exesposa

A Folha de São Paulo publicou no início da noite desta terça (24), a notícia de que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) ameaçou de morte sua ex-mulher, Ana Cristina Valle, na época em que  filho do casal, Jair Renan Bolsonaro – então com 12 anos – estava com ela e teria sido levado sem o consentimento dele para a Noruega.

A Folha aponta que o caso foi documentado em 2011, quando o casal disputava a guarda do garoto. A reportagem diz que Ana Cristina pediu asilo político no país nórdico, mediante intermediação do embaixador brasileiro em Oslo, à época, porque teria sido ameaçada de morte por Bolsonaro. Porém, ainda na mesma reportagem, a Folha acrescenta que Ana Cristina esclarece que não solicitou asilo político e que o Jornal paulista estava “pegando pesado com isso”.

A reportagem, após destacar que revelou as informações amparada pela lei de acesso a informação, encerra cinicamente alegando que o Itamaraty, ” não se pronuncia sobre questões específicas de brasileiros no exterior”, o que foi rigorosamente feito pelo órgão, para a reportagem.

Ana Cristina Valle resolveu então gravar um vídeo e divulgar nas redes sociais, desmentindo a reportagem da Folha de São Paulo. “Venho aqui indignada desmentir a suja Folha de São Paulo”.

Veja a íntegra da declaração da ex-mulher do presidenciável.

Ciro Gomes (PDT) é internado em São Paulo

26 set
ciro

Foto: perfil oficial do candidato no Facebook.

O candidato à Presidência do PDT, Ciro Gomes, foi levado ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após sentir um desconforto na região da bexiga. As informações são do jornal “O Globo”.

Segundo a equipe de campanha, Ciro foi submetido a um exame de tomografia com contraste, na tarde desta terça-feira (25), e deverá permanecer no hospital por mais algumas horas, sendo liberado para casa ainda hoje.

Ciro fez agenda na manhã desta terça (25) na Baixada Fluminense e depois viajou para São Paulo. Na quarta, o candidato do PDT deve participar do debate presidencial que será promovido pelo jornal “Folha de S.Paulo”, SBT e UOL.


Com informações do Portal T5.

Inacreditável: Delegado responsável pelo caso Bolsonaro trabalhou em governos do PT

25 set
poscirurgico

Jair Bolsonaro (PSL) nos primeiros dias após a cirurgia a que foi submetido, em Juiz de Fora (MG), depois da facada.

Destacado para comandar as investigações do atentado contra o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), o delegado Rodrigo Morais Fernandes não é o que se pode denominar de “isento”. Morais chefiou por dois anos a Assessoria de Integração das Inteligências da Secretaria de Defesa Social (Segurança Pública) do governo petista de Fernando Pimentel (PT), em Minas Gerais. As informações são do site “O Antagonista”. Fernando Pimentel é atual candidato à reeleição como Governador de Minas Gerais pelo PT.

delegado

Ainda de acordo com o Antagonista, o delegado já figurou na imprensa porque foi enviado para assistir ao Super Bowl, na Califórnia (EUA), por Pimentel. Na ocasião, a administração afirmou que Morais coordenava a comissão das Olimpíadas Rio-2016.

delegado1

O delegado também integrou o Governo Dilma. Ele foi Diretor de Inteligência da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça (Sesge MJ), entre janeiro e abril de 2015. Outra ligação com o PT veio há três meses, quando foi condecorado por Pimentel com a Medalha Alferes Tiradentes.

Não por acaso, a Polícia Federal se prepara para encerrar o inquérito em poucos dias, confirmando a versão que todos conhecem: Adélio Bispo agiu sozinho e não teria o juízo perfeito.

Silêncio e conspirações

A Polícia Federal não foi autorizada a divulgar informações que, na avaliação da instituição, poderia beneficiar o presidenciável do PSL. Entretanto, Adélio Bispo de Oliveira, réu confesso, já tem agenda com pelo menos duas entrevistas, previstas para os próximos dias: uma para o SBT e outra para a Revista Veja. Sites como Exame, Brasil 247, Revista Fórum, entre outros, já estão repercutindo esta informação. Especula-se também, com muita força nas redes sociais e grupos de Whatsapp, que algo está sendo forjado para dar uma espécie de golpe final na candidatura de Bolsonaro. Umas das suspeitas que está sendo antecipada por apoiadores do presidenciável é a de que Bispo dirá que o próprio PSL forjou todo o atentado, com vistas a fortalecer a candidatura do ex-capitão do Exército.

Julian Lemos (PSL), presidente estadual do PSL e um dos vice-presidentes nacionais da legenda, enviou mensagem por Whatsapp:

“Deus ajude a nossa nação. Essas informações que eu passo é para vocês saberem com o quê e com quem estamos lidando. Todo o sistema político corrompido, todo o sistema governamental está totalmente aparelhado. Vejam o delegado que preside o inquérito… vejam a quem ele serve. Não será fácil mudar os destinos dessa nação. O que está em jogo é a nossa liberdade, é o futuro das gerações desta nação”, alertou.


Com informações do Antagonista e Jovem Pan.

Pesquisa Big Data aponta liderança de João Azevedo (33%) ao Governo e Cássio Cunha Lima (35%) ao Senado

25 set
joao

Foto: divulgação.

Nesta segunda (24), o Instituto de Pesquisa Big Data/TV Record divulgou os resultados atuais sobre a disputa para o Governo da Paraíba apontando a dianteira de João Azevêdo (PSB), com 33% das intenções de voto. O segundo colocado é José Maranhão (MDB), que aparece com 23% da preferência eleitoral. Lucélio Cartaxo (PV) figura na terceira posição com 19%.

Tárcio Teixeira (PSOL) foi o preferido de 1% do eleitorado e Rama Dantas (PSTU) não pontuou na consulta. Brancos e nulos são 13% e indecisos somam 11%. Em comparação com a pesquisa anterior do próprio Instituto, percebe-se uma queda acentuada no percentual de indecisos. Veja:

comparacao_-_big_data

Quadro disponível no site do Polêmica Paraíba.

 

Para o Senado, os números são os seguintes: Cássio Cunha Lima (PSDB) lidera com 35%, Veneziano Vital do Rego (PSB) vem em segundo lugar com 31%; Luiz Couto (PT) e Daniella Ribeiro (PP) somam 22% cada um.

senado

Quadro disponível no site do Polêmica Paraíba.

Destaca-se o crescimento acentuado de Daniela Ribeiro que, em aferições de outros institutos, amargava 14% do eleitorado, enquanto Cássio cravava 41%. (Pesquisa Ibope)

daniela

Foto: divulgação.

Em quinto lugar está o emedebista Roberto Paulino com 14% das intenções de votos. Nelson Júnior (PSOL) tem 4% e Nivaldo Mangueira (PSOL) totaliza 2% da preferência.

O percentual de nulos e brancos para o Senado são muito parecidos com os números deste segmento para o Governo: 14% para o 1º voto e incríveis 25% para o 2º voto ao Senado. A pesquisa foi registrada no TRE sob o nº PB 00569/2018, encomendada pela TV Record e realizada entre 21 e 22 de setembro com mil entrevistados. A margem de erro é de 3% e o nível de confiança é de 95%.